"Fato Sociológico" é um Web Log desenvolvido para a discussão sociológica, em seus aspectos epistemológicos, teóricos e metodológicos. Criado em 21 de maio de 2010, o projeto visa a constituição de um espaço de exposição, discussão e interlocução de ideias sobre o pensamento social e as tradições sociológicas, aberto ao público e sem fins comerciais. As mensagens aqui postadas visam a informação e a divulgação de questões pertinentes, sem qualquer intenção de denegrir a imagem de instituições, pessoas ou organizações. Entendemos que as imagens compiladas são de domínio público, e acreditamos no bom senso dos detentores de seus direitos autorais em permitir o uso irrestrito dos materiais, por isso nos dispomos a promover o merecido reconhecimento quando solicitado.


quinta-feira, 30 de junho de 2016

CAPES aprova mestrado profissional de ensino de sociologia em rede (PROFSOCIO)

O Mestrado Profissional de Sociologia em Rede Nacional (ProfSocio) foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) neste mês de junho. O objetivo do curso é propiciar um espaço de formação continuada para professores de Sociologia que atuam na Educação Básica, e também às pessoas que desejam atuar nesta área. O início do ProfSocio está previsto para o  primeiro semestre de 2017. Serão ofertadas inicialmente 175 vagas distribuídas entre as nove instituições associadas à rede. O processo seletivo nacional ocorrerá no segundo semestre de 2016. Poderão concorrer às vagas professores da rede pública da Educação Básica que ministram aulas de Sociologia e portadores de diploma de licenciatura reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

O ProfSocio é o resultado da articulação entre a Sociedade Brasileira de  Sociologia (SBS), a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Universidade Estadual de Londrina (UEL), que reuniram outras sete instituições envolvidas nacionalmente com estudos e pesquisas acerca da Sociologia na Educação Básica, e comprometidas com a formação continuada de professores na área. São elas: Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Federal do Ceará (UFC),  Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Estadual Paulista (UNESP – Campus Marília), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e Universidade Federal do Vale do Acaraú (UVA).A realização do ProfSocio visa contribuir para o atendimento da meta 16 do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê a formação de 50% dos docentes da Educação Básica em nível de pós-graduação até 2024. O curso será ofertado na modalidade semipresencial, isto é, com aulas presenciais e a distância, somando 450 horas distribuídas em três semestres.

A Fundaj é a instituição responsável pela organização do ProfSocio no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB). A partir do funcionamento do curso, novas instituições poderão associar-se à rede por meio de edital de adesão. Para o segundo ano do mestrado profissional, está prevista a participação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Colégio Pedro II. Mais informações a respeito do ProfSocio podem ser solicitadas pelo E-mail: profsocio@fundaj.gov.br

quinta-feira, 16 de junho de 2016

WEES 2016 Porto Alegre 9-11 de Novembro

Chamada de trabalhos!!!!! Está aberta até 15 de julho a submissão de trabalhos para o 10° Workshop Empresa, Empresários e Sociedade, que será realizado em Porto Alegre, de 9 a 11 de novembro de 2016.

Convidamos pesquisadores e jovens pesquisadores a submeter propostas.

Maiores informações no site do evento http://www.ufrgs.br/wees

Acompanhe também pelo Facebook: http://www.facebook.com/wees2016

Seguindo a tradição do evento, lembramos que não há taxa de inscrição. Prepare seu paper e venha fazer parte desta rede de estudos!



A 10ª edição do Workshop Empresa, Empresários e Sociedade mantém a base de sustentação teórica e metodológica que marca a trajetória do evento, destacando-se a contribuição de diferentes abordagens das ciências sociais acerca dos fenômenos econômicos. Nos estudos a serem apresentados e debatidos no evento, busca-se articular contribuições de diversas especialidades das ciências sociais, destacando-se a sociologia e a antropologia econômicas, a sociologia da empresa, a sociologia das organizações, a sociologia e a economia dos mercados, a sociologia das finanças, os estudos sociais da ciência tecnologia e inovação, a sociologia do desenvolvimento e a análise de políticas econômicas, de desenvolvimento e inovação.

O tema geral do WEES2016 é "Tempos de Turbulência e Estagnação" e será desenvolvido em quatro eixos temáticos, que estarão abertos para recepção de trabalhos:
Eixo 1: Empresas, Mercado e Sociedade
Eixo 2: Desenvolvimento e Inovação
Eixo 3: Universo empresarial: valores, identidades e ação econômica
Eixo 4: Política, Estado e Empresariado

O evento será realizado de 9 a 11 de novembro de 2016, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Direto ao ponto 6: Alexis de Tocqueville

"Cada novo método que conduza por um caminho mais curto para a prosperidade, cada máquina que poupe trabalho, cada instrumento que reduza o custo da produção, cada descoberta que facilite a satisfação ou a intensifique, é fruto maior do intelecto humano. É principalmente por essas razões que um povo democrático dedica-se à busca científica, que a entende e a respeita".

Alexis de Tocqueville, Da Democracia na América

domingo, 1 de dezembro de 2013

Aula Inaugural do Curso de Especialização EaD O ENSINO DA SOCIOLOGIA PARA PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO

Conferência Internacional com o Prof. Dr. Arnaud Sales (Université de Montréal)
Sociologia hoje: transformações sociais num mundo globalizado

Data: 11/12/2013, às 19 horas
Local: Campus do Vale/UFRGS. Polo EAD/SEAD da UFRGS. Prédio 43124
Entrada franca.

Arnaud Sales é professor emérito da Universidade de Montréal (Canadá). Doutor de Estado em Letras e Ciências Humanas pela Universidade de Paris, especialista em temas como sociologia econômica, relações público-privado, responsabilidade social das empresas, conhecimento e transformações sociais. Recebeu o título de Chevalier de l’Ordre des Palmes Académiques (França). Autor de coletâneas internacionais, lançou recentemente o livro “Sociology Today: Social Transformations in a Globalizing World” publicado em 2012 pela SAGE.

Promoção:
FORPROF/UFRGS
Curso de Especialização em Ensino de Sociologia/UFRGS
PPG Sociologia/UFRGS

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Seleção de alunos para curso de especialização em ensino de sociologia, modalidade EaD

Estão abertas inscrições para o curso de Pós-graduação Lato sensu, especialização na modalidade de ensino a distância,  O ENSINO DA SOCIOLOGIA PARA PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO: Contribuindo para a formação continuada dos professores de Sociologia do ensino médio do Rio Grande do Sul. O curso é oferecido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. São 300 vagas, voltadas para professores que atuam na rede pública de ensino do Rio Grande do Sul, distribuídas em seis pólos. O curso de Sociologia para Professores do Ensino Médio é dirigido a professores que buscam complementar sua formação com um curso de especialização focado na área de sociologia. Neste sentido o curso proposto visa, entre outros objetivos, abordar o uso de novas metodologias e colocar os profissionais a par das discussões teórico-pedagógicas atuais, com a intenção de contribuir para as mudanças que se fazem necessárias para a melhoria da ação pedagógica na escola e consequentemente da educação. Assim como promover o uso de tecnologias informacionais relacionadas a edição e produção de materiais didáticos baseados no suporte informático.
Maiores informações: Clique aqui.

Algumas poucas palavras sobre teoria...

De maneira muito genérica, podemos dizer que teoria é uma perspectiva, uma forma de compreender as coisas. Teorias são elaborações abstratas, conjuntos de conceitos combinados, que visam explicar realidades concretas, constituindo uma totalidade explicativa. Teorias não são a realidade. As teorias são “equipamentos” que promovem o entendimento. As teorias são jogos conceituais, ou seja, são arranjos ou combinações de conceitos, que de forma articulada fundam uma perspectiva de entendimento das coisas; no caso da sociologia, da realidade social ou da vida social. Toda teoria envolve um conjunto de conceitos, os quais combinadamente se orientam por um sentido mais amplo; podemos dizer que esse sentido mais amplo é a perspectiva teórica de um autor. Cada autor estudado apresenta a sua perspectiva da realidade: Marx, o materialismo-histórico; Durkheim, o funcionalismo; Weber a compreensão do sentido da ação...
Peguemos o exemplo da biologia e da teoria darwinista. Pode-se dizer que a perspectiva de Darwin era a do evolucionismo, então sua teoria remete sempre a ideia de evolução. Como o autor expressa isso? O evolucionismo é o sentido mais amplo do entendimento dos fenômenos que Darwin estudava. O autor estudava a realidade da vida biológica a partir de conceitos que compõem essa ideia do evolucionismo. Então, a teoria da evolução combina conceitos como seleção das espécies, adaptação, etc.
Voltemos à sociologia. Durkheim funda sua perspectiva no funcionalismo. Busca dar sentido a realidade social combinando conceitos como fato social, coesão, solidariedade, anomia. A teoria de Durkheim é esse todo articulado de conceitos, que combinadamente nos ajudam a entender um fenômeno da realidade social de forma mais precisa. Uma teoria funcionalista procurará dar respostas às coisas buscando entender os elementos funcionais, morfológicos e fisiológicos, ou seja, tudo aquilo que daria organicidade aos fenômenos estudados. Já Marx funda sua perspectiva no materialismo histórico. Busca dar sentido a realidade social combinando conceitos como alienação, consciência de classe, luta de classes. O foco da perspectiva marxista será o conflito resultante de processos de opressão social, a forma como embates estruturais na sociedade sempre desencadeiam revoluções sociais.
As teorias são construções mais abstratas que os conceitos. As teorias nos ajudam a entender as coisas a partir de elementos pré-concebidos, ou seja, já vamos à análise da realidade com uma ideia prévia de como as coisas se articulam.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Lançado o livro “Sociologia: Trabalho – Ciência – Cultura – Diversidade”, Editora CirKula, 2013.

O livro “Sociologia: Trabalho – Ciência – Cultura – Diversidade” é composto de uma coletânea de textos sobre os mais diversos temas sociológicos. O presente livro tem sua gênese no trabalho desenvolvido por pesquisadores que atuam junto ao Laboratório Virtual e Interativo de Ciências Sociais (LAVIECS-UFRGS), e pretende ser uma referência importante para o ensino de sociologia em diferentes níveis, desde a graduação até a pós-gradação. O volume aborda diversos temas fundamentais da sociologia, retomando discussões clássicas e contemporâneas: teoria e método nas perspectivas clássicas da sociologia; estratificação e desigualdade social; trabalho e sindicalismo; globalização e novas tecnologias; ciência, tecnologia e inovação; cultura, etnocentrismo e relativismo cultural; cultura de massa e consumo; educação e diversidade; políticas de Estado e direitos sociais; políticas públicas e a inclusão social. Neste livro, se fazem presentes uma série de textos já publicados em dois livros anteriores, já esgotados, lançados, ainda em 2013 pelo LAVIECS com o apoio do MEC-FNDE. Alguns textos estão na sua versão original, outros, retornaram aos autores e sofreram atualizações.